Corpo Docente

PROFESSORES/A

PERMANENTES

AMANA ROCHA MATTOS
Amana Mattos é professora adjunta do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), e professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social (PPGPS/UERJ). Possui Graduação em Psicologia (2003), Mestrado em Psicologia (2006) e Doutorado em Psicologia (2011) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Fez Estágio Doutoral no Exterior pela CAPES, na Rutgers University, EUA. Coordena o DEGENERA – Núcleo de Pesquisa e Desconstrução de Gêneros/UERJ, e é pesquisadora integrante do GT Psicologia, Política e Sexualidade da ANPEPP – Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia. Desde 2012, coordena o subprojeto de Psicologia do Programa de Iniciação à Docência – PIBID/CAPES, da UERJ. É coordenadora do Curso de Especialização em Psicologia Jurídica da UERJ. Atua como professora na graduação e na licenciatura em psicologia, dedicando 20h semanais para atividades de ensino e extensão, e no PPGPS, dedicando 20h semanais às atividades de ensino e pesquisa. Desde 2011, ano de sua entrada na UERJ, tem orientado monografias de conclusão de curso de graduação em Psicologia e especialização em Psicologia Jurídica, e dissertações de mestrado em Psicologia Social. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social, principalmente nos seguintes temas: estudos de gênero, teoria feminista, subjetivação política, estudos da juventude e formação de professores.
E-mail: amanamattos@gmail.com
Página do grupo de pesquisa: https://degenerauerj.wordpress.com
ANA MARIA JACÓ-VILELA
Ana Maria Jacó-Vilela é psicóloga pela UFMG (1972), Mestre em Psicologia Social pelo ISOP/FGV (1980), Doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento pela USP (1996). É bolsista de produtividade 1D do CNPq, Cientista do Nosso Estado pela Faperj, Procientista da UERJ. É professora da UERJ desde 1980, atuando na graduação e na pós-graduação em disciplinas de História da Psicologia, com uma disciplina obrigatória constante na graduação. Neste universidade, coordena o Laboratório de História e Memória da Psicologia, que abrange uma Biblioteca com coleções importantes no tema e abriga estudantes de graduação da Uerj e de outras instituições, como IBMR e Estácio de Sá, além dos estudantes de pós-graduação em orientação e pós-doutorandos (no momento, dois). Já orientou 18 dissertações de Mestrado, 20 teses de doutorado, 25 trabalhos de conclusão de curso de graduação, 95 bolsas de Iniciação Científica, além de 24 orientações de outra natureza, principalmente apoio técnico. Supervisonou 6 projetos de pós-doutorado. Foi vice-diretora do Instituto de Psicologia da UERJ e Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Psicologia Social por duas vezes. Foi presidente de associações relevantes no Brasil, como a Anpepp e a Abrapso, além de ter sido membro do XV Plenário do Conselho Federal de Psicologia. É atualmente Secretária Executiva da Sociedade Interamericana de Psicologia (SIP) para a América do Sul e Presidente Eleita da Divisão 18 (History of Psychology) da International Association of Applied Psychology (IAAP). Faz parte do Conselho Editorial de diversas revistas e tem sido revisora de periódicos nacionais e internacionais, bem como consultadora ad doc de agências de fomento do Brasil (nacionais e estaduais) e do exterior. Sua área de atuação é preferencialmente História da Psicologia no Brasil.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/3328632520501565
E-mail: jaco.ana@gmail.com
Link grupo de pesquisa: http://www.cliopsyche.uerj.br
ANA MARIA LOPEZ CALVO DE FEIJOO
Ana Maria Lopez Calvo de Feijoo formou-se em Psicologia em 1976 pela Faculdade de Humanidades Pedro II. Defendeu sua dissertação de mestrado na Fundação Getúlio Vargas/ISOPE em Psicologia da Personalidade e Desenvolvimento, em 1986 . Defendeu sua tese de doutorado pela Univerdade Federal do Rio de Janeiro, em Psicoterapias Atuais, em 2000. Atua na docência superior desde 1977, ministrando aulas, orientando monografias e coordenando pesquisas na Faculdade de Humanidades Pedro II, na Fundação Getúlio vargas, na Universidade Santa Úrsula e na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – nessas instituições de ensino atuou como supervidora no Serviço de Psicologia Aplicada. As áreas em que empreendeu suas pesquisas foram psicoterapia e ensino. As atividades de Iniciação Científica ocorrem desde 2013 na UERJ com pesquisas dirigidas à Clínica de Urgência e Suicídio. A carga horária das atividades docentes em todas as univerdidades foram destinadas à graduação. Atualmente essa carga horária é igualmente distribuida pela graduação e pós-graduação. Até 2010 a experiência docente era dirigida apenas à graduação, daí em diante essa experiênca extendeu-se a orientação de dissertações e teses em Psicologia. Os interesses de pesquisa dirigem-se principalmente para a clínica psicológica tanto no âmbito particular como comunitário. Ocupou cargos administrativo nas seguintes universidades: Fahupe, USU e Uerj. É bolsista de produtividade.Faz parte do conselho editorial das Revistas Latinoamericana de Psicoterapia existencial e Revista da Abordagem Gestáltica. Prêmios e homenagens: Já ficou entre os dez primeiros colocados no prêmio jabuti com o livro A Pesquisa e a Estatística na Psicologia e na Educação – Editora Record. Recebeu homenagem do CRP em 2003.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/6262781863415292
E¬mail: ana.maria.feijoo@gmail.com.
ANGELA JOSEFINA DONATO OLIVA
Angela Donato Oliva graduou-se em Psicologia em 1986 pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. No mesmo ano ingressou para o mestrado da Fundação Getúlio Vargas, RJ/ISOP obtendo o título de mestre em Psicologia Cognitiva em 1990. Em 1996 ingressou no curso de doutorado na Universidade de São Paulo (USP) obtendo doutoramento na área de Psicologia da Aprendizagem e do Desenvolvimento Humano em 2001. Em 1992 passou a integrar o quadro permanente de professores do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e, em 1994, também da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Desde o mestrado tem-se dedicado os estudos na área da psicologia do desenvolvimento humano, em uma abordagem evolucionista, desenvolvendo pesquisas e na área clínica tem atuado como terapeuta e supervisora na terapia cognitivo-comportamental. São mais de vinte anos dedicados a essas atividades. Sempre deu aulas na graduação, por entender a importância da formação inicial dos discentes para o desempenho profissional. Orientou diversos alunos de Iniciação Científica e monografias de final de curso. Foi chefe de departamento e vice-chefe em diversas gestões. Desde 2002 tem atuado em projeto de extensão, trabalhando com alunos, junto à comunidade no tratamento para parar de fumar utilizando a terapia cognitivo comportamental. Em 2007 ingressou para o Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e desde então tem se dedicado a pesquisas sobre comportamento pró-social, empatia, altruísmo, comportamento moral, investimento parental, terapia cognitivo-comportamental, ministrando aulas e supervisionando as pesquisas de mestrado e de doutorado dos alunos. No momento é coordenadora adjunta do programa de pós-graduação e a partir de abril de 2017 será a Editora Chefe da Revista Brasileira de Terapias Cognitivas (RBTC).
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/
E-mail: angeladonatoliva@uol.com.br
ANNA PAULA UZIEL
Anna Paula Uziel possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988), graduação em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1991), especialização em Psicologia Jurídica pela UERJ (1994), mestrado em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica (1996) e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2002). Realizou pós-doutorado em Antropologia na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2013/2014). É professora associada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, coordenadora do Laboratório Integrado em Diversidade Sexual e de Gênero, Políticas e Direitos (LIDIS) desde 2011 e pesquisadora do Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (CLAM/IMS/UERJ) desde seu início, em 2002. O CLAM é herdeiro do Programa em Gênero, Sexualidade e Saúde, instalado no IMS/UERJ em 1993, também com financiamento das Fundações Ford, do qual participava desde 1994. Já coordenou o Curso de Especialização em Psicologia Jurídica e atualmente é coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social da UERJ, pela segunda vez. Já concluiu 20 orientações de mestrado e 4 de doutorado, além de 41 monografias de Especialização em Psicologia Jurídica e 51 de graduação na UERJ. Foi organizadora de vários eventos científicos, tendo realizado três no último ano: Corpo e Sexualidade em instituições de privação e restrição de liberdade, 2ª 2nd International Conference of LGBT Psychology and Related Fields e Subjetividades em batalha, territórios em guerra: geopolítica, sexualidade, migração e violência. É bolsista de produtividade em pesquisa nível 2 e procientista desde 2011, já tendo sido Jovem cientista de nosso estado até 2013. Orienta alunos de iniciação científica desde 2004, tendo ininterruptamente bolsas do CNPq, da UERJ e da Faperj. Suas principais áreas de interesse são psicologia jurídica e sexualidade e boa parte de suas pesquisas relacionam os dois temas, sendo as mais recentes: Sexualidade e Adolescência na contemporaneidade, cujo campo central foi no Degase, Homossexualidade e conjugalidade no sistema penitenciário do Estado do Rio de Janeiro e Família contemporânea na perspectiva de crianças e adolescentes, que estudou inclusive crianças abrigadas, todas com financiamento da Faperj. Coordena atualmente uma pesquisa internacional comparativa intitulada Saúde & Cidadania das Pessoas Trans no Brasil, com financiamento do governo francês. É editora de resenhas da revista Sexualidad, Salud y Sociedad e organiza a coleção Sexualidade, Gênero e Sociedade, publicada pela Eduerj.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/4721672637528871
E-mail: uzielap@gmail.com
DEISE MARIA LEAL FERNANDES MENDES
Deise Maria Leal Fernandes Mendes é formada em Psicologia pela UFRJ, é Mestre e Doutora em Psicologia Social pelo Programa de Pós-graduação em Psicologia Social da UERJ. Fez pós-doutorado nesta Universidade investigando interações afetivas entre mães e bebês, e crenças parentais. Docente na graduação do Instituto de Psicologia e no Programa de Pós-graduação em Psicologia Social da UERJ, é membro da equipe editorial da revista Estudos e Pesquisas em Psicologia. Pesquisadora há cerca de dez anos na área da Psicologia do Desenvolvimento, é coordenadora do grupo de pesquisa Desenvolvimento Socioemocional e Parentalidade e coordenadora-adjunta do grupo de pesquisa Interação Social e Desenvolvimento, ambos cadastrados no diretório do CNPq. Divide sua carga horária de docente entre a graduação e a pós-graduação de modo equilibrado, tendo orientado monografias de final de curso de Psicologia e alunos de Iniciação Científica que atuam em projetos no seu grupo de pesquisas. Já formou duas alunas em mestrado e em março próximo terá mais duas alunas defendendo suas dissertações de Mestrado. Orienta uma doutoranda e nesse ano de 2017 inicia a orientação de mais cinco doutorandas. É integrante do Grupo de Trabalho Parentalidade e desenvolvimento infantil em diferentes contextos da ANPPEP. Sua atuação e temas de investigação têm se voltado para o desenvolvimento socioemocional e parentalidade. Foi contemplada com o Edital Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ). Já foi chefe de departamento, no IP da UERJ, por duas vezes e coordenadora-adjunta do PPGPS em uma gestão.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/4355974020322624
Email: deisefmendes@gmail.com
Link para página de grupo de pesquisa: www.desin.org
DENIZE CRISTINA DE OLIVEIRA
Denize Cristina de Oliveira é graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Faculdade de Enfermagem São José da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1980) e Habilitação em Enfermagem de Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1981); especialização em Saúde Materno-Infantil pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1982); mestrado em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1991), doutorado em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1996); Pós-doutorado na Universidade de Paris VIII e na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS)-França (1999 e 2004). Professora Titular da Área de Metodologia de Pesquisa na Faculdade de Enfermagem/UERJ desde 2001; Professora do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem/UERJ desde 1999 e do Programa Pós-graduação em Psicologia Social/UERJ desde 2006. Atua na área de graduação como professora de Metodologia de Pesquisa da Faculdade de Enfermagem/UERJ e na orientação de alunos de iniciação científica – bolsistas do CNPq, UERJ, FAPERJ e voluntários desde 1992. A distribuição da carga horária anual entre graduação e pós-graduação corresponde a 30% e 70%, respectivamente. Vem orientando monografias de graduação em Enfermagem e Saúde Pública desde 1992; dissertações de mestrado em Enfermagem e Saúde desde 1998 e teses de doutorado em Enfermagem e Saúde desde 2009; dissertações de mestrado e teses de doutorado em Psicologia Social desde 2007. Os atuais interesses de pesquisa são: aspectos psicossociais do processo saúde-doença; políticas de saúde; imagens sociais e práticas profissionais em saúde; representações sócio profissionais na saúde e na doença; práticas e representações sociais do processo saúde-doença; processos sociocognitivos e psicossociais do cuidado de saúde; qualidade de vida e perspectiva temporal de pessoas vivendo com HIV/AIDS. Coordena os Grupos de Pesquisa “Processos Sociocognitivos e Psicossociais do Cuidado de Saúde e Enfermagem de Grupos Populacionais” e “Psicossociologia do Conhecimento” do CNPQ. Foi Coordenadora Adjunta do Programa de Pós-graduação em Enfermagem/UERJ nos períodos de 2003 a 2004 e 2016 até o presente momento e Coordenadora do mesmo programa no período de 2005 a 2010. Pesquisadora 1A do CNPq e Pró-Cientista UERJ; Coordenadora do Comitê de Assessoramento da Área de Enfermagem do CNPq entre 2010 e 2013 e Membro do Comitê entre 2007 e 2013. Editora Associada da Revista Enfermagem UERJ e da Revista Psicologia e Saber Social (PPGPS/UERJ); participa do Conselho Editorial das seguintes revistas: Psicologia e Saber Social; Psicologia. Teoria e Prática; Revista Brasileira de Enfermagem; Revista Enfermagem Profissional; Revista Eletrônica de Enfermagem; Revista FLUMEN – Universidad Católica Santo Toribio de Mogrovejo-Perú; Cogitare Enfermagem; Revista Latino-Americana de Enfermagem; Revista Enfermagem UERJ; Revista SALUS. Participa como parecerista ad-hoc de diversos periódicos científicos, nas áreas de Enfermagem, Saúde Pública e Psicologia, tais como: Psicologia – Teoria e Prática; Estudos e Pesquisas em Psicologia; Psicologia e Sociedade; Interface-Comunicação, Saúde e Educação; Revista PHYSIS; Revista de Saúde Pública; Cadernos de Saúde Pública; Revista Panamericana de Saúde Pública; Revista da Escola de Enfermagem USP; Texto & Contexto – Enfermagem; Revista Gaúcha de Enfermagem dentre outras. Assessora da Capes, CNPq, FAPERJ, FAPESP, FINEP e outras Fundações de Amparo à Pesquisa, nacionais e internacionais.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/0539303957929668
Email: dcouerj@gmail.com
EDNA LUCIA TINOCO PONCIANO
Edna Ponciano é Especialista em Saúde Mental (1994) e em Terapia de Família (1996) pelo IPUB/UFRJ. Doutorado (CNPq/2004) e Mestrado (CNPq/1999) em Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Pós-Doutorado (FAPERJ/2007-2010), na PUC-Rio, em Psicologia Clínica. Pós-Doutorado Júnior/CNPQ (2010-2012) em Psicologia Social, UERJ. Professora do Curso de Especialização em Terapia de Família e Casal, na PUC-Rio, nos anos de 2005 a 2010. De 2004 a 2006 foi Pesquisador Associado/FAPERJ da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPUB/UFRJ). Estudos, principalmente, nos seguintes temas: Psicologia da Família (relacionamento pais e filhos e conjugalidade), desde 1994, Psicologia do Desenvolvimento (adolescência e transição para a vida adulta/adultez emergente), desde 2007, e Psicologia Positiva, desde 2010. Na graduação, têm sido ministradas as seguintes disciplinas: Pesquisa qualitativa, Pesquisa quantitativa, Psicologia da Família, Psicologia do Desenvolvimento do Adolescente, Psicologia Positiva e Ética. Além de orientar monografias de conclusão do curso de graduação, têm sido feitas também orientações de bolsistas IC, com bolsa FAPERJ e CNPq, além de estagiários, com bolsa CETREINA/UERJ. Os projetos de pesquisa envolvem alunos de mestrado, doutorado e de graduação. Duas alunas de Mestrado defenderam em 2016 e, atualmente, há uma aluna de Mestrado, que ingressou em 2016, e três alunos de Mestrado e duas de Doutorado, ingressando em 2017. Participação em pesquisas multiculturais com os seguintes temas: satisfação conjugal com ou sem filhos, diferenças em criatividade, amor, uso de redes sociais e na frequência e distanciamento de toques em situações sociais, incluindo mais de 40 países. Também têm sido realizadas pesquisas sobre adolescência, transição para a vida adulta, relacionamento pais e filhos, conjugalidade e família.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/7121115711586970
E-mail: ednaponciano@uol.com.br
Página de grupo ou núcleo de pesquisa http://www.desin.org
ELIANE MARY DE OLIVEIRA FALCONE
Eliane Mary de Oliveira Falcone possui graduação em psicologia pela Universidade Santa Úrsula, mestrado em psicologia clínica pela PUC-Rio, doutorado em psicologia clínica pela Universidade de São Paulo (USP), pós-doutorado em psicologia experimental pela USP e em psicologia clínica pela PUC-RS. Formada em Terapia Comportamental pelo Midlesex (Universidade de Londres (1989) e em Terapia Cognitiva pelo Beck Institute, em convênio com a FBTC (1999).É professora associada do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e docente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social da mesma instituição. Supervisiona estágio clínico em Terapia Cognitivo-Comportamental e orienta pesquisas de mestrado e doutorado, sobre temas relacionados a empatia, relação terapêutica e personalidade. Foi chefe de Departamento (UERJ) e vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social (UERJ). Ministra aulas em cursos de especialização em várias cidades do Brasil sobre Terapia do Esquema e Relação Terapêutica. Ministra cursos de formação em TCC no Rio de Janeiro desde 1999. Foi presidente da FBTC no período de 2003 a 2005, quando fundou a Revista Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC), atuando como editora responsável até 2009. Recebeu várias homenagens, dentre as quais se incluem: homenagem do Conselho Regional de Psicologia, pela formação de psicólogos no Rio de Janeiro (2000); dois prêmios de menção honrosa (2011 e 2013), além de prêmios de segundo (2014) e de primeiro lugar (2015), por trabalhos de orientação de PIBIC; foi homenageada em 2015 pelas contribuições à Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC), na fundação e manutenção da Revista Brasileira de Terapias Cognitivas (RBTC). Publicou 32 artigos em periódicos científicos, 52 capítulos de livros, além de haver organizado um livro e duas coleções, uma das quais continua a ser produzida (quatro edições por ano). Participou de vários congressos nacionais e internacionais, sendo a maioria de seus trabalhos apresentados em anais (107 resumos e quatro trabalhos completos). Orientou 16 dissertações de mestrado e seis teses de doutorado. Foi organizadora de vários eventos científicos, nacionais e internacionais, além de membro de comissão científica de vários desses eventos. Coordenou a primeira Comissão de Certificação na elaboração da prova e na avaliação dos primeiros profissionais certificados pela FBTC (2015). É membro do GT-ANPEPP intitulado “Pesquisa Básica e Aplicada em uma Perspectiva Cognitivo-Comportamental”. Já obteve vários financiamentos da FAPERJ para projetos de pesquisa, organização de evento e participação em congressos no exterior. É consultora ad hoc de vários periódicos científicos. Atualmente coordena o projeto “Construção e evidências de validade para a Escala Cognitiva de Crenças de Ansiedade”.
Link para o Lattes: http//lattes.cnpq.br/3411653326117506
E-mail: elianefalcone@uol.com.br
MÁRCIA MARIA PERUZZI ELIA DA MOTA
Márcia Maria Peruzzi Elia da Mota possui graduação em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1988), mestrado em Métodos de Pesquisa em Psicologia pela Universidade de Reading- Inglaterra (1991), doutorado em Psicologia pela Universidade de Oxford (1996), na área de Psicologia do Desenvolvimento, e estágio pós-doutoral realizado na Universidade de Dalhousie – Halifax – Canadá (2016) e na Universidade São Francisco, Itatiba, São Paulo. Tem experiência de docência e pesquisa nas áreas de Psicologia Experimental e do Desenvolvimento, Metodologia de Pesquisa e Psicologia Educacional. Foi coordenadora do Programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora e exerceu diversas funções administrativas, como coordenadora de curso de graduação (UFJF e UERJ), vice-chefe de Departamento (UFJF e UERJ) e vice-diretora e diretora do Instituto de Psicologia da UERJ. Foi coordenadora do comitê assessor de Ciências Humanas à pró-reitoria de pesquisa da UFJF e membro do Conselho Universitário da UERJ. Atua principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento metalinguístico e contextos sociais; aquisição da linguagem escrita e da linguagem. Ao longo de sua carreira publicou 56 artigos em periódicos científicos e 16 capítulos de livros, além de ter organizado seis livros e publicado os resumos de seus trabalhos em inúmeros congressos internacionais e nacionais (66 resumos). Recebeu prêmio de 1º lugar na categoria sênior no Prêmio monográfico CEPSIC: “Inclusão Digital: ferramenta de promoção para um envelhecimento cognitivo, social e emocional saudável?”, CEPSIC – Divisão de Psicologia do Instituto Central do Hospital das Clínicas SP. Recebeu dois prêmios de menção honrosa por trabalhos de orientação de PIBIC e teve uma aluna de doutorado agraciada com a bolsa do Programa Emerging Leaders in the Americas Program. Orientou doze dissertações de mestrado, já concluídas e 4 de doutorado, 1 pós-doutorado, e 39 bolsistas de IC. Foi organizadora de vários seminários e eventos científicos. É bolsista de produtividade em pesquisa nível 2. Faz parte do conselho editorial da revista Psicologia Ciência e Profissão e Poíesis Pedagógica e é consultora ad hoc de diversas revistas científicas. Já obteve financiamentos para projetos de pesquisa e bolsas da FAPERJ, CAPES e CNPq.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/1993353452161637
E-mail: mmotapsi@gmail.com
MARIA LUCIA SEIDL DE MOURA
Maria Lucia Seidl-de-Moura tem 70 anos e possui graduação em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1968), mestrado em Educational Psychology – University of Wisconsin – Madison (1973), doutorado em Psicologia Cognitiva pela Fundação Getúlio Vargas – RJ (1987) e livre-docência pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992). Fez pós-doutorado na Universidade de São Paulo, em psicologia evolucionista e na PUC / RJ em estudos de famílias. Atua em pesquisa em psicologia desde 1974, no ISOP, Fundação Getúlio Vargas e é professora de pós-graduação desde 1985. É professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (aposentada) e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro desde 1999, aprovada em ambas em concursos públicos. Na UERJ desenvolve há 25 anos trabalhos na linha de pesquisa Cognição Social do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social (PPGPS). Foi fundadora do PPGPS e sua coordenadora, sendo professora do mesmo desde 1992. Também tem sido professora da graduação durante esses 25 anos da UERJ, tendo ministrado disciplinas todos os semestres, com exceção de períodos em que esteve afastada, por licença-prêmio ou semestres sabáticos. Foi membro do Programa Prociência da UERJ, Cientista do Nosso Estado da FAPERJ por duas vezes e Bolsista de Produtividade do CNPq, sendo durante 15 anos pesquisador 1, e durante mais de 10 anos, pesquisador 1A. Foi vice- coordenadora de um Projeto contemplado no Edital Institutos do Milênio do CNPq, o primeiro da psicologia e de um PROCAD da CAPES. Em ambos, coordenou equipes de seis instituições de ensino superior do país. Durante sua carreira, escreveu quatro teses, 13 livros, 37 capítulos e publicou 118 artigos em periódicos. Tem seis artigos no prelo e um manuscrito submetido.
Orientou 27 monografias de graduação, 26 dissertações de mestrado e 19 teses de doutorado. Teve quatro parceiros e pós-doutorado e uma de estágio sênior. Realizou projetos em colaboração com colegas das seguintes universidades brasileiras: UFPA, UFBA, UFES, UFPB, USP, UFSC, UFRGS. Também estabeleceu parcerias e realizou projetos com colegas do National Institute of Health dos Estados Unidos, da Koç University, da Turquia e da Mc Master University do Canadá. Realizou conferências como convidada em simpósios e congressos nacionais e internacionais, destacando-se a reunião anual da International Society for Behavior Development (ISSBD) em Xangai, China, em 2014, a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, o CONPSI e o Congresso Brasileiro de Psicologia do Desenvolvimento, mais de uma vez. Nesse congresso, da Associação Brasileira de Psicologia do Desenvolvimento (da qual é fundadora), foi a homenageada em 2015 e realizou a Conferência de Abertura. Seus alunos receberam prêmios em diversas ocasiões, inclusive em Semanas de Iniciação Científica. É coordenadora do Grupo de Pesquisa Interação Social e Desenvolvimento do Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq (www.desin.org), desde 1996. Nos últimos anos, tem desenvolvido estudos sobre parentalidade e trajetórias de desenvolvimento em diferentes contextos brasileiros. Algumas de suas publicações mais recentes são: Seidl-de-Moura, M. L; Vieira, M. L.; Martins, G. (2014). Culture and developmental trajectories: a discussion on contemporary theoretical models. Early Child Development and Care; Seidl-de-Moura, M. L.; Pessôa, L. F.; Mendes, D. M. L. F.; Carvalho, R. V. C. & Stobaus, L. C. (2015). Cooperação e altruísmo no segundo ano de vida e crenças e práticas maternas: um estudo exploratório. Psico (PUCRS. Impresso), 64, 217-225. Pessôa, L. F., Seidl-de-Moura, M. L., Ramos, D. de O., Mendes, D. M. L. F. (2016). Sistemas de cuidados e o discurso de diferentes cuidadores do Rio de Janeiro: evidências de trajetória de desenvolvimento. Estudos de Psicologia (PUCCAMP. Impresso), 33(1), 71-82; Fioravanti-Bastos, A. M. M., Seidl-de-Moura, M. L. & Filgueiras, A. (2016). Avaliação de um instrumento de monitoramento das crianças das creches do município do Rio de Janeiro: crenças e valores dos educadores infantis. Estudos de Psicologia (PUC Campinas), 33(2), 293-301. Foi Membro do Comitê de Avaliação da CAPES e convidada em vários processos avaliativos, o último para julgar o Prêmio Capes de Teses. Foi coordenadora do Comitê Assessor do CNPq e da área da psicologia de FAPERJ, nesse último caso em duas ocasiões e durante mais de nove anos. Atua em consultorias (entre elas no Centro de Informática na Educação, CIE, da IBM/Brasil) e parecerista de periódicos científicos desde 1978. Entre esses periódicos estão: Psicologia: Teoria e Psicologia: Reflexão e Crítica Psychology, Mente Social, Child Development, Psicologia Clínica, Estudos de Psicologia, Revista da UFPR, PSICO, Interamerican Journal of Psychology, Interação, Psicologia em Estudo, Estudos e Pesquisas em Psicologia, International Journal of Behavioral Development, Paidéia, Parenting: Science and Practice, Revista Brasileira de Terapias Cognitivas, Psicologia & Sociedade, Revista Psicologia: Teoria e Prática, Revista de Enfermagem da UERJ, Arquivos Brasileiros de Psicologia, Revista de Enfermagem da UERJ, Alethéia, Etologia, International Journal on Personal Relationships – INTERPERSONA, Mnemosine, Temas em Psicologia, Journal of Clinical Pediatrics. Em várias dessas revistas foi membro do Conselho editorial e foi também Editora associada da Revista Psicologia: Reflexão e Crítica Psychology. Participou de 37 bancas de concurso para provimento de cargos para professor, diversas delas para professor titular, além de dezenas de bancas de mestrado e de doutorado.
Link para Lattes: http://lattes.cnpq.br/0573756303587946
E-mail: mlseidl@gmail.com
Grupo Interação Social e Desenvolvimento: http://www.desin.org
RAFAEL MOURA COELHO PECLY WOLTER
Rafael Pecly Wolter possui graduação em psicologia pela universidade de Paris V (Rene Descartes) (2004) e “master recherche” em Psicologia Social pela universidade de Paris V (Rene Descartes) (2005). Durante o doutorado foi professor nas universidades de Paris V (Rene Descartes), Versailles Saint-Quentin e Amiens. Defendeu a tese de doutorado, sendo orientado pelo Prof. Rouquette. Após um estágio de pós-doutorado, financiado pela FAPERJ, na UERJ junto ao prof. Celso Pereira de Sá, tornou-se Professor no departamento de Psicologia Social e Institucional desta instituição e da Universidade Salgado de Oliveira. Atualmente segue três eixos distintos e interligados de pesquisa: a. Posição Social, visão de mundo e relações intergrupais. Este eixo de pesquisa trata das relações entre posição social do indíviduo (no sentido de Bourdieu e Doise) e suas avaliações acerca dos grandes temas da sociedade e interações com membros do endogrupo e exogrupo. Neste eixo se enquadram pesquisa empíricas sobre a aceitação/rejeição das cotas na universidade ou estudos sobre diferentes formas de preconceito. b. Avanços teóricos da abordagem estrutural do pensamento social: Este eixo se centra em estudos teóricos para uma melhor compreensão de como os coletivos pensam diferentes objetos e temas do quotidiano. Os conceitos de ideologia, representações sociais, memória social, atitudes e imagens sociais se enquadram neste eixo. c. Avanços técnicos do estudo do pensamento social. Este eixo metodológico visa o desenvolvimento de técnicas de coleta e análise de dados dentro do quadro teórico do pensamento social. Há principalmente um enfoque em análises que mantenham um rigor necessário em pesquisas mas que não sejam baseadas em dados individuais, em outros termos, seriam análises mais próximas da sociometria que da psicometria. Neste eixo se enquadram estudos sobre esquemas cognitivos de base (SCB de Rouquette), análise booleana de questionários de Claude Flament e análises com dados verbais.
Link para o Lattes http://lattes.cnpq.br/9193777929003611
E-mail: rafaelpeclywolter@gmail.com

REGINA GLÓRIA NUNES ANDRADE
Regina Gloria Nunes Andrade iniciou a graduação em Pedagogia e logo a seguir em Psicologia, na Universidade Federal da Bahia em 1973. Mestrado na Univeristé de Sorbonne – com Roger Bastide, em 1970, reconhecido pelo MEC como equivalência de mestrado. Doutorado na Escola de Comunicação em Comunicação Social na UFRJ em 1988, tendo 28 anos de atuação na área social. As atividades de ensino foram desenvolvidas na graduação e na pós-graduação em Comunicação Social ( UFRJ ) onde foi professora e logo depois funda o Programa de Pós-graduação em Psicologia Social da UERJ, o qual faz 24 anos de fundado. Durante a década de 2000 orientou diversos trabalhos de Iniciação Cientifica encerrando em 2012. No momento, aposentada da UERJ, tem uma Bolsa de Pesquisador Visitante no PPGPS e orienta apenas Mestrado, tendo 40 horas de trabalho nesta pós-graduação. Entre 1989 e 1998 trabalhou no Programa de Comunicação Social da UFRJ e lá orientou teses de Doutorado e Dissertações de Mestrado, atividade que manteve no PPGPS. Seus interesses de pesquisa estão voltados nos últimos 12 anos para o trabalho em Comunidade e com jovens. Realizou diversas orientações de Mestrado e de Doutorado e diversos projetos de pesquisa com a população do Centro Cultural Cartola – Comunidade da Mangueira-RJ, que a partir de 2015 se transformou em Museu do Samba , guardando porem um setor Educacional no trabalhamos com jovens na Escola Municipal do Uruguai também localizada na Favela da Mangueira. Foi Chefe do Departamento de Fundamentos do Instituto de Psicologia da UERJ durante seis anos e coordenadora do PPGPS entre 2011-2013. Atualmente é bolsista do programa CIENTISTA DE NOSSO ESTADO daFAPERJ e Bolsista da UERJ Pesquisadora Visitante. Foi coordenadora do Projeto CAPES COFECUB entre 2011-2015, coordenadora do Convênio entre a UERJ e a Université de Pau et Pays de l’Adour (França) – entre 2006-2013, foi coordenadora de Convênio entre a Universidade Agostinho Neto-Angola e a UERJ entre 2006-2014. No momento é Vice –Coordenadora de Projeto CAPES –COFECUB- 2017-2020 Quando realizou um Convenio entre a UERJ e a Universidade Agostinho Neto – Angola, recebeu vários prêmios desta universidade. Em passado remoto foi homenageada pela Universidade Federal da Bahia pelas turmas de graduação em Psicologia.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/7464026573034856
E-mail: reginagna@terra.com.br
RICARDO VIEIRALVES-CASTRO
Ricardo Vieiralves de Castro é professor associado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Exerceu na Universidade os cargos de Sub-Reitor de Extensão e Cultura, Sub-Reitor de Graduação e Reitor (por dois mandatos). Foi subsecretário e secretário de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro e diretor do Museu da República. É graduado em psicologia pela UERJ, possui Mestrado em Psicologia Clínica pela PUC-RJ e Doutorado em Comunicação e Cultura pela UFRJ. Fez Pós-Doutorado em História Social pela USP. É diretor científico da revista POLEMICA e coordena o Laboratório de Estudos Contemporâneos da UERJ. Orientou 16 dissertações de mestrado e 11 de doutorado no Programa de pós-graduação stricto senso em psicologia social da UERJ. Publicou 27 artigos em periódicos e 9 capítulos em livros. Organizou 02 livros. Foi agraciado com o Prêmio Moral, Direito e Modernidade. Recebeu o título de benemérito e a Medalha Pedro Ernesto da Alerj. Desenvolve pesquisas na área do pensamento social, com estudos em representações sociais, memória social, e identidade social. Atualmente desenvolve pesquisas relacionadas ao pensamento social dos brasileiros sobre si mesmos e sobre o Brasil.
Link para o Lattes http://lattes.cnpq.br/4573204809502881
E-mail: ricardo.vieiralves@gmail.com
RONALD JOÃO JACQUES ARENDT
Ronald João Jacques Arendt fez o curso de Graduação em Psicologia na UFRJ de 1969 a 1973, Mestrado e Doutorado em Psicologia Social no ISOP/FGV, RJ o primeiro de 1975 a 1978, o segundo de 1983 a 1988. Em 1978 começou sua carreira docente como professor de psicologia social na UGF. Antes, na UFRJ, era estagiário docente da profa. Eva Nick. Trabalhou em RH no Banco Lar Brasileiro associado ao Chase Manhatan Bank de 1975 a 1978 e por um curto período na área de RH da Uni-Rio (1978 a 1980). Prestou concurso público para professor na UFES em 1983, ingressando em 1984. Em 1986 prestou concurso público para a UERJ. Por muitos anos lecionou História da Psicologia e Psicologia Social. Em 1990 participou da criação e consolidação do Programa de Pós Graduação em Psicologia Social. Atua na linha de pesquisa 3 (História Imaginário Social, Cultura). Em 1998 prestou concurso na UERJ para professor Titular em Psicologia Social. Coordena o grupo de pesquisa entre_redes. Seu projeto de pesquisa versa sobre como efetuar metodologica e conceitualmente, com base na filosofia contemporânea, um psicologia não moderna. Orienta alunos de IC, Mestrado e Doutorado. Foi, desde o lançamento do programa, bolsista do Prociência, deixando-o há alguns anos. Fez pós-doutorado em Paris VIII em 2002, no Departamento de Ciências da Educação, convidado pelo prof. Remi Hess. Em 2015 cursou na Bélgica o semestre sabático na Universidade de Liège e na universidade Livre de Bruxelas convidado pela profa. Vinciane Despret, retornando ao Departamento de Ciências da Educação da Unv. Paris VIII, no último semestre do prof. Remis Hess, antes de sua aposentadoria. Seu maior interesse de pesquisa hoje é pensar a psicologia a partir da teoria do ator-rede. Isto implica em estudar toda uma gama de áreas que vão da política e da sociologia à antropologia e geografia, do empirismo radical à fenomenologia, passando pelas metodologias inventivas das práticas de pesquisa contemporâneas. Faz parte do Conselho Editorial da Revista Fractal da UFF.
Link para o Lattes http://lattes.cnpq.br/2688544008838556
E-mail: arendt.ronald@gmail.com
VANESSA ROMERA LEME
Vanessa Romera Leme é Professora Adjunta do Departamento de Fundamentos de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social (mestrado e doutorado) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com 40 horas em regime de dedicação exclusiva. Coordenadora do Grupo de Pesquisa – NuDERI (Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Desenvolvimento Humano e Relações Interpessoais). Psicóloga (Unesp-Bauru – 2008), Mestre (Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem – Unesp-Bauru – 2008), Doutora (Psicologia – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto – FCLRP/USP- 2011) e Pós-Doutora (UFSCar – estágio na Universidade do Porto, Portugal – 2013). Área de atuação (2002-atual): Psicologia do Desenvolvimento Humano, Relações Interpessoais, Psicologia do Ensino e Aprendizagem e Prevenção e Promoção de Saúde Mental. Na graduação (UERJ) ministrou as disciplinas Terceira Idade: identidade e sociedade, Psicologia do Desenvolvimento (curso de Nutrição) e Dificuldades de Aprendizagem do aluno do Ensino Médio. Supervisiona estágio em Terapia em Grupo com Idosos da UnATI e coordena o Projeto de Extensão PRODIN – Programa de Desenvolvimento Interpessoal para prevenção do suicídio e promoção de saúde mental no curso de vida (em parceria com o projeto UERJ pela Vida). Orienta dois alunos de iniciação científica (1 bolsista PIBIC/CNPq). Atuei entre 2013 e 2015 no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social na UNIVERSO/Niterói. Orientei duas iniciações científicas (2014), quatro dissertações de Mestrado e uma co-orientação de tese de Doutorado. Áreas de interesse: Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano, Psicologia Positiva, habilidades sociais, habilidades sociais educativas de pais e professores, competência social, processos de resiliência e vulnerabilidade em contexto educativo, transição para a vida adulta, solidariedade intergeracional familiar. É membro do GT da ANPEPP Relações Interpessoais e Competência Social. Chefe do Departamento de Fundamentos de Psicologia (2016-2018). Atua no Conselho Editorial (Editora Associada) da Revista Paidéia (Ribeirão Preto). Prêmio Carolina Martuscelli Bori (Categoria Doutorado) pela Sociedade Brasileira de Psicologia – 42ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia (2012).
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/3056372646281816
E-mail: vanessaromera@gmail.com

 

PROFESSORES/AS COLABORADORES/AS

ALBERTO JOSÉ FILGUEIRAS GONÇALVES
Alberto Filgueiras é Professor Adjunto do Deparamento de Fundamentos em Psicologia do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). É Doutor em Psicologia Clínica na linha de Neurociências pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) com colaboração da Western University, Ontario, Canada. É Mestre em Psicologia Clínica com ênfase em Psicometria e Neurociências pela PUC-Rio (2011). Possui Bacharelado (2009) e Formação (2011) em Psicologia pela UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro e Bacharelado em Direito pela UGF – Universidade Gama Filho (2008). Tem experiência em Psicologia Experimental, Cognitiva, Psicometria e Programação Computacional para Testagem Neuropsicológica e Psicofísica. Atua também na área de medidas e intervenções em Psicologia e Ciência do Esporte. Atualmente coordena do Laboratório de Neuropsicologia Cognitiva e Esportiva (LANCE) trabalhando com o diálogo entre Neurociência e Psicologia do Esporte.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/4642533350312762
Email: albertofilgueiras@gmail.com
Link do grupo de pesquisa: http://www.lanceuerj.com
ALEXANDRA CLEOPATRE TSALLIS
Alexandra Tsallis é Professora Adjunta do Departamento de Psicologia Social e Institucional do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e atua ministrando disciplinas e supervisionando estágio, orientando monografias de conclusão de curso e extensão na graduação (20 horas). Professora Colaboradora do Programa de Pós-graduação em Psicologia Social / UERJ orientando dissertações de mestrado (20 horas). Membro do Corpo Editorial da Revista Estudos e Pesquisas em Psicologia (Qualis CAPES A2). Membro do Conselho de Saúde da UERJ. Membro do Núcleo de Pesquisa Cognição e Coletivos / UFRJ. Membro do Grupo de Pesquisa Entre Redes / UFF – CNPq. Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996), Mestrado em Psicologia e Práticas Sócio-culturais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2000) e Doutorado (sanduiche) em Psicologia Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro em associação com o Centre de Sociologie de l’Innovation – École de Mines / Paris (2005). Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Psicologia / UFRJ (2010). Tem experiência nas áreas de Psicologia Social e Clínica, desenvolvendo temas, tais como: Teoria Ator-Rede / Formas de Resistência, Clínica Ampliada / Deficiência Visual e Gestalt-terapia com ênfase Fenomenológica.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/9571574419530510
Email: atsallis@gmail.com
ANA CAROLINA MONNERAT FIORAVANTI BASTOS
Ana Carolina Monnerat Fioravanti Bastos é Psicóloga formada pela Universidade Federal Fluminense (2002) com estagio em pesquisa na University of Illinois, Chicago. Mestre (2006) e Doutora (2011) em Psicologia pela linha Clínica e Neurociência, Departamento de Psicologia PUC-Rio. Pós Doutorada no Programa de Pós Graduação de Psicologia Social /UERJ (2011-2013/ CNPq), com ênfase em Instrumentos de Avaliação Cognitiva nas creches públicas do Rio de Janeiro, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. Pós doutorada, no mesmo programa (2013 -2014/FAPERJ), com ênfase em desenvolvimento de Instrumentos de Avaliação Psicológica em diferentes contextos sociais. Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Psicologia UFF-Rio das Ostras, na área de Avaliação de Processos Psicológico e Psicometria, onde supervisionou estágio em Avaliação Neuropsicológica, cursos de extensão em Psicometria e TCC e coordenou pesquisa sobre Protocolos de Avaliação Neuropsicológica com bolsa PIBIC (2015-2016). Membro no Núcleo Docente Estruturante do Departamento de Psicologia UFF/CURO. Professora Colaboradora da Pós Graduação em Psicologia Social UERJ, com produção no triênio (13 artigos em revistas qualificadas e 28 citações desde 2011), onde leciona disciplinas sobre Modelos de Análises Quantitativas e orienta alunos, sendo as áreas de domínio, a Avaliação de Processos Básicos em diferentes contextos sociais e a Estatística Computacional com modelos de Análise de Variância, Regressões, Modelagens de Equações Estruturais, Análises Fatoriais e Teoria de Resposta ao Item. Membro da ANPEPP desde 2011 no GT Avaliação Neuropsicológia. Tem interesse em delineamentos experimentais e correlacionais de pesquisa básica de avaliação psicológica e neuropsicológica, no contexto da saúde e educação. Atualmente desenvolvendo projetos em parcerias como “A Elaboração de medidas em Comportamento Organizacional” em parceria com o Tribunal de Contas do Estado. “A relação da autonomia e das funções executivas em diferentes contextos socias” em parceria com a UFF/CURO e “ A construção de instrumentos de medida em diferentes contextos sociais” em parceria com o PPGPS-UERJ
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/9821944513505622
E-mail: ana@fioravantiana.org
INGRID DE MELLO VORSATZ
Doutora em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora Adjunta do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Professora colaboradora do Programa de Pós-graduação em Psicologia Social do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Coordenadora da Comissão de Residência Multiprofissional e em Área Profissional de Saúde – COREMU-UERJ. Coordenadora do Curso de Especialização em Psicologia Clínica Institucional – Modalidade Residência Hospitalar do Instituto de Psicologia da UERJ (2016-2018). Autora do livro Antígona e a ética trágica da psicanálise (Zahar/FAPERJ, 2013). Atua nas áreas de psicanálise, saúde mental, arte e cultura, com ênfase no seguintes temas: teoria da clínica psicanalítica, literatura, tragédia antiga, ética, responsabilidade, sujeito, ciência, modernidade, psicose, testemunho.
Link para o Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0210308638523119
JOSÉ AUGUSTO EVANGELHO HERNANDEZ
José Augusto Evangelho Hernandez é bacharel em Direção Teatral pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Graduado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Especialista em Hipnoterapia Ericksoniana pelo Instituto Milton Erickson. Especialista em Psicologia do Esporte pelo Conselho Federal de Psicologia. Mestre e Doutor em Psicologia do Desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi professor da graduação e pós-graduação dos cursos de Psicologia e Educação Física da ULBRA/Canoas/RS, onde atuou como psicólogo do Sport Club Ulbra em diversas modalidades desportivas. Além disso, ocupou os cargos de coordenador de TCC e de Pós-Graduação Lato sensu da Psicologia. Foi professor convidado do pós-graduação da Educação Física da PUCRS e da FACOS/Osório/RS. Foi professor substituto da graduação e convidado da pós-graduação da ESEF-UFRGS. Foi professor da Faculdade Sogipa de Educação Física na graduação e pós-graduação e, também, das Faculdades Integradas São Judas Tadeu. Atualmente, é docente do Departamento de Fundamentos da Psicologia e do Programa de Pós Graduação em Psicologia Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Parecerista Ad Hoc do Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos – Satepsi do Conselho Federal de Psicologia, da FAPERJ, da FACEPE e revisor de diversos periódicos nacionais e internacionais. Compõe o Conselho Editorial da revista Psicologia: Teoria e Prática. Tem experiência de pesquisa em gênero (gender schema theory), relacionamentos íntimos (amor, ajustamento e satisfação conjugal), psicologia do esporte (rendimento, saúde e educação) e na adaptação e validação de instrumentos e medidas em psicologia.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/3533988543300433
E-mail: hernandez.uerj@gmail.com
LAURA CRISTINA DE TOLEDO QUADROS
Laura Cristina de Toledo Quadros é Professora Adjunta da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Professora colaboradora do PPGPS/UERJ, coordenadora do Serviço de Psicologia Aplicada (UERJ).; Doutora em Psicologia pelo PPGPS/ UERJ com a tese “A Construção artesanal do fazer clínico em psicologia”, participa do grupo de persquisa CNPq “Entre redes “. É coordenadora do projeto de extensão(UERJ) COMtextos: arte e livre expressão na abordagem gestáltica e vice-coordenadora do projeto de extensão (UERJ) “Laboratório Gestáltico: configurações e práticas contemporâneas”. Atuou como professora e coordenadora da Pós graduação latu sensu em Psicologia Clínica com ênfase em Gestalt Terapia do Centro Universitário Celso Lisboa (UCL) de 2008 à 2012. Possui experiência na área de Psicologia, com ênfase em práticas clínica e comunitária, sendo também Especialista em Psicologia Clínica pelo CFP. É comprometida com as discussões acerca da formação profissional tendo coordenado a graduação de Psicologia do Centro Universitário Celso Lisboa( RJ ) de 2005 à 2008. Iniciou na docência superior há mais de 28 anos atuando principalmente na área clínica, incluindo a supervisão de estágio em Gestalt terapia. Colaborou com instituições como o CEP ( Centro de Estudo de Pessoal- Forte Duque de Caxias), tradicionalmente voltada para ensino e pesquisa quantitativa e qualitativa no contexto humano. De 1998 à 2011 atuou no IAPP (Instituto de atendimento e pesquisa psicossocial) desenvolvendo e participando de projetos em diversas comunidades de baixa renda na cidade do Rio de Janeiro no exercício de uma Clínica ampliada.Ganhadora do prêmio II Fritz Perls – ação social em Gestalt-terapia (2009 – primeiro lugar) e do VII Prêmio Margarete de Paiva Simões Ferreira – CRP/RJ(2014 – segundo lugar). Atualmente conduz a pesquisa “ Versões do sofrimento psíquico construídas por jovens na contemporaneidade: articulações entre a Teoria ator-rede e a clínica gestáltica”.
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/5917221201880680
E-mail: lauractq@gmail.com

Programa de Pós-graduação em Psicologia Social

Coordenadora: Profª. Edna Lucia Tinoco Ponciano | Coordenadora Adjunta: Profª Deise Maria Leal Fernandes Mendes

ppgps.uerj@gmail.com – Tel: (21) 2334-0236 – Fax: (21) 2334-0216

Rua São Francisco Xavier, 524/10º andar, sala 10.009, bloco F – Maracanã, Rio de Janeiro, CEP 20550-013
Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Instituto de Psicologia UERJ